Apresentação do Show “Monofoliar” no IV Teia!

Estela Ceregatti e Juliane Grisólia apresentam o show “Monofoliar”

no IV Teia – Fórum Regional dos Pontos de Cultura do Centro-oeste!

Show – MONOFOLIAR

 O show “Monofoliar” revela a trajetória musical da cantora/compositora Estela Ceregatti em parceria com a percussionista Jú Grisólia. Ambas as musicistas são atualmente professoras de música do ponto de cultura Porto Geral e revelarão no Fórum Regional dos Pontos de Cultura do Centro-oeste – IV Teia – 2011, algumas das músicas compostas por Estela, permeadas de variadas influências musicais, bem como  interpretações da música brasileira, de gêneros trabalhados com os alunos do ponto de cultura.

Dia: 22/07

Local: Palácio da Instrução

Às 22h

Entrada franca

VEJA O VÍDEO CONVITE:  http://www.youtube.com/watch?v=71rYsG9Wj4g

Territórios musicais!

Peço ‘escuta’ apurada diante de um tema tão envolvente!

Reflexões sobre os espaços em Cuiabá:

 É vergonhoso ver que uma capital composta por mais de 550.000 habitantes (IBGE-2009) se renda a pouquíssimos espaços veiculados a grandiosa cultura produzida aqui.

 Reformas para espaços privatizados à minoria, espaços ‘sucateados’ – sem reforma, ou superlotações à mercê de agendamento anual – é a síntese cuiabana que faz com que o percurso da arte seja dificultado, ao invés de enriquecido ou investido.

Abriremos novos espaços através da resignificação de pontos –inapropriados? Esperamos que o bom senso de alguns conduza a ‘ESCUTA’ à favorável percepção sonora advinda de espaços adequados?

Estela Ceregatti

 

“Territórios musicais:  uma proposta de linha do tempo na construção do cenário musical local”

TEMA A SER DISCUTIDO ESTA QUINTA-FEIRA (14/07)

NO OBSERVATÓRIO MÚSICA DO MATO:

http://observatoriomusicadomato.wordpress.com/programacaomarco_2011/julho-2011/

SESC ARSENAL

Apresentação de finalização do módulo “Música Cênica”!

APRESENTAÇÃO DOS ALUNOS DO MÓDULO “MÚSICA CÊNICA”

DIA 17 (DOMINGO)

ÀS 20H

NO PAVILHÃO DAS ARTES (PALÁCIO DA INSTRUÇÃO)

ENTRADA FRANCA

 

 

O módulo de música cênica nasceu com o intuito de estimular profissionais da área ou não ao vislumbre desta técnica incorporada a partir do séc. XX e contribuir para a prática da música cênica em Cuiabá – MT, bem como à formação de novos grupos.

       Neste sentido, as oficinas revelaram o processo de criação onde música e teatro se integram em cena como um embrião comum a ser explorado conjuntamente. Para isso, foi preciso o entendimento do percurso histórico de outras propostas semelhantes, transformadas ao longo do tempo: óperas, operetas, modinhas, teatro de revista e teatro das mágicas, além da música eletroacústica/acusmática e eletrônica, que também foram introduzidas como elementos sonoros a serem utilizados em cena.

        A percepção sonora e consciência corporal foram desenvolvidas com muito ênfase durante as oficinas, através de constante improvisação aliada a instrumentos musicais, objetos de cena e com o corpo – que assim como na Eurritmia de Dalcroze foi explorado como instrumento cênico-musical.

                                                                                                                         Estela Ceregatti.